quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Pequenas Histórias, Grandes Nomes (V)

Persistência...

Talvez uma das palavras que melhor definam Thomas A. Edison, que ficou conhecido pela invenção da lâmpada elétrica incandescente mas que, na verdade, é um dos maiores inventores que a humanidade conheceu.

Ele ficou conhecido como o Feiticeiro de Menlo Park, devido a suas inúmeras invenções e contribuições para que muita das coisas que usamos hoje, sejam peças corriqueiras do cotidiano.

De maneira impressionante, Thomas Edison registrou mais de 1000 patentes e, para muitos, é considerado o maior inventor de todos os tempos.

O fonógrafo foi só uma de suas invenções; hoje, utilizamos música digital em nossos aparelhos eletrônicos, mas a origem de tudo isso veio dele.

Outra invenção foi o cinetógrafo, a primeira câmera cinematográfica, com o equipamento para mostrar os filmes que ele mesmo produzia. Novamente, o cinema que hoje é visto em 3D tem sua origem em seus inventos.

Embora o telefone tenha sido inventado por Alexander Graham Bell, Edison o transformou num aparelho que funcionava melhor (com o microfone a carvão empregado até hoje).

Da mesma forma, aprimorou o uso e a funcionabilidade da máquina de escrever.

Mas não foram apenas invenções, ele também participou de projetos como alimentos empacotados a vácuo e um aparelho de raios X.

A Edison General Eletric é fundada em 1888, um dos maiores conglomerados industriais do planeta. Se abreviarmos o nome da empresa, teremos um nome bem conhecido...

Especialmente durante a Primeira Guerra Mundial, a General Eletric entra no campo de metalurgia naval; depois, a GE entra no ramo da indústria química, aperfeiçoando produtos e substâncias.

Uma de suas frases mais marcantes é um exemplo de persistência que sempre acompanhou esta personalidade.

“Nossa maior fraqueza é a desistência. O caminho mais certeiro para o sucesso é sempre tentar apenas uma vez mais”

E não é que ele estava certo?

2 comentários:

Gislene disse...

Pois é meu amigo !! De tentativas em tentativas sempre podemos alcaçar o que queremos... Tentar sempre !!!
Mais uma vez parabéns pelos seus artigos, sempre aprendo com eles !!!
Gi

Rene disse...

Excelente artigo! Não só resgata uma parte importante da História moderna, mas uma lição de vida.
Parabéns, João!